mercados

Estamos rodeados de som em todas as vertentes da nossa vida, sendo benéfico em tantas situações como prejudicial em outras. A Engenharia Acústica estende-se a todas as áreas em que há necessidade de controlar ou realçar o som e as vibrações, abrangendo os diversos mercados onde esta interação existe.

A otimização da acústica num espaço ou da qualidade sonora de um instrumento musical implicam um conhecimento profundo dos mecanismos físicos de geração e propagação sonora que são, na situação oposta, os mesmos necessários ao controlo de ruído ou vibrações em ambientes industriais ou na construção de um edifício.

A InAcoustics consegue assim abarcar um grande número de mercados que, parecendo distantes, se aproximam nas necessidades de otimização ou de controlo das várias situações em que o som e as vibrações atuam.

ARTES E MEDIA

Uma das maiores aplicações da Engenharia Acústica no nosso quotidiano é a de controlar o som e as vibrações com duas perspetivas antagónicas: a de eliminar ou atenuar os seus efeitos negativos, e a de enaltecer o seu potencial, moldando-o aos espaços e formas que nos rodeiam, atribuindo-lhe uma personalidade distinta em cada local.

Esta última vertente compõe a área de intervenção predileta dos consultores acústicos, pois é a que implica mais exigência, a mais avançada tecnologia e um maior conhecimento de todos os processos envolvidos.

As salas de concerto, os teatros, os estúdios de gravação e masterização, de rádio, de televisão ou cinema, são dos edifícios mais sensíveis às condições acústicas, seja pela necessidade de otimizar a experiência do ouvinte de um concerto como para tornar imaculada uma determinada gravação áudio.

Nestes trabalhos, a InAcoustics utiliza um dos mais avançados software de simulação numérica – o CATT-Acoustic – permitindo previsões precisas da propagação sonora no interior dos espaços, mas também software criado internamente baseado na teoria ondulatória por técnicas de modelação por diferenças finitas (FTDT), para as baixas frequências. Em todos os casos, é possível realizar a auralização do som como irá soar na sala em estudo, o que permite passar da análise de parâmetros num relatório, à audição de um excerto musical por auriculares ou sistemas de reprodução 5.1, entre outros.

Para apoiar o projeto, realizamos medições da impedância acústica e do coeficiente de absorção sonora dos materiais de revestimento, utilizando o tubo de impedância e o software de análise e medição WinMLS. Com base neste software e complementando com os necessários microfones e fontes sonoras omnidirecionais, são realizadas as medições dos parâmetros acústicos fundamentais à definição da qualidade sonora destes espaços. Em casos mais complexos de resolução de problemas em espaços existentes utilizamos a “câmara acústica” que permite visualizar os locais de ocorrência das reflexões sonoras, possibilitando a determinação de zonas em que é necessário reorientar ou absorver as ondas sonoras.

Também nesta área de atuação é fundamental conhecer e determinar a influência dos equipamentos geradores de ruído e vibrações.

Este aspeto é tão importante quanto a geometria e materiais presentes na sala para determinação da sua qualidade. Sendo muitas vezes negligenciado, é um dos aspetos em que a InAcoustics mais investe com uma interação muito próxima com as especialidades de engenharia associadas.

Quando necessário, a InAcoustics providencia também serviços de projeto das instalações eletroacústicas, otimizando a escolha dos sistemas de reprodução sonora através de simulações numéricas, usando o software CATT-Acoustic e DDA, complementando-as com as previsões acústicas, tornando mais eficazes e precisos os resultados.

Há experiências únicas no projeto e construção de espaços e edifícios dedicados às artes performativas e aos media. É fundamentalmente nestes projetos que se aplicam as mais avançadas técnicas de cálculo, simulação e medição, as quais são utilizadas para que se consigam cumprir os elevados requisitos que estes espaços exigem.

A InAcoustics detém a capacidade, tecnologia e experiência necessária para atingir estes objetivos, não só durante o projeto, mas também no prévio planeamento e apoio à definição das caraterísticas e exigências destes edifícios. É também fundamental considerar, de forma tão ou mais relevante, o acompanhamento à obra, durante a qual as soluções acústicas são implementadas e na qual a atenção ao detalhe é crítica.

CONSTRUÇÃO

O mercado da construção tem sido um dos maiores motores do desenvolvimento da InAcoustics. É necessária uma grande proximidade e interação com a Arquitetura e a Engenharia que projeta os edifícios bem como das empresas que os constroem.

Apesar de usualmente associada à conceção de auditórios, salas de concerto ou teatros, a Acústica é, cada vez mais, relevante e requisitada em todo o tipo de edifícios, desde escritórios, hospitais, museus e escolas até habitações multifamiliares ou isoladas. Esta relevância advém não só de imposições legais ou normativas, mas particularmente da exigência de melhoria das condições de conforto, sossego e inteligibilidade.

Para garantir que a construção de um edifício obedece a estes critérios, a interação da Engenharia Acústica com o projeto tem que ocorrer a diversos níveis, cruzando experiências com a maioria das especialidades envolvidas, para além da Arquitetura.

Se os revestimentos acústicos, isolamentos ou o posicionamento relativo de espaços têm particular interferência na Arquitetura, o controlo de ruído e de vibrações atravessa tanto as especialidades de instalações mecânicas e elétricas, como as instalações hidráulicas e as estruturas.

A complexidade do trabalho de um consultor acústico está precisamente em encontrar as eventuais incompatibilidades do projeto com os requisitos acústicos e providenciar soluções que, compatíveis com toda a equipa, satisfaçam os objetivos propostos.

Estes aspetos são relevantes tanto na construção de novos edifícios como na reabilitação de edifícios existentes. Neste último caso, e como tipicamente a reabilitação ocorre em edifícios antigos com condições de isolamento fracas e na maior parte dos casos desconhecidas, a participação da Acústica é fundamental para garantir condições de conforto compatíveis e adequadas às necessidades dos nossos dias.

A InAcoustics detém uma larga experiência em projetos de reabilitação de edifícios, particularmente na área da hotelaria. O desafio principal assume-se quando se pretendem manter a maior parte dos elementos construtivos existentes, sendo necessário, de forma pouco intrusiva, encontrar as soluções que tragam aos edifícios antigos as exigências de qualidade e conforto atuais.

_mg_5662

Uma grande parte da experiência da InAcoustics no mercado da construção está associada a edifícios escolares. Tanto na construção de escolas de raiz como na reabilitação de escolas existentes, estes projetos são dos mais recompensadores, pois as condições acústicas, particularmente no que diz respeito à inteligibilidade da palavra, são fundamentais para a aprendizagem dos alunos e para o descanso dos professores.

Ao longo da nossa carreira fomos criando, com a Arquitetura, soluções inovadoras para o condicionamento acústico deste tipo de edifícios, tendo hoje diversas escolas construídas em que contribuímos significativamente para a melhoria das condições de ensino.

Os edifícios modernos que albergam escritórios, centros comerciais, hospitais, hotéis, restaurantes, necessitam de atender às necessidades dos utentes e dos trabalhadores que lá operam. Em casos mais críticos, como edifícios dedicados à investigação científica, existem instalações em que as condições acústicas e vibratórias devem obedecer a critérios de elevada exigência, tal como, por exemplo, a instalações de equipamentos de ressonância magnética em locais com vibrações excessivas.

O nosso trabalho implica conciliar as necessidades da Arquitetura com os requisitos acústicos e vibratórios. O nosso sucesso surge quando a Acústica não é percecionada como intrusiva, ficando invisível e diluída na Arquitetura mas manifestando-se sempre na qualidade, conforto e sensação de bem-estar percecionada pelos utilizadores de um espaço.

Se tiver algum problema na sua empresa que pretenda resolver, consulte-nos sem compromisso, para que possamos auxiliá-lo a resolver a sua situação.

INDÚSTRIA

A Indústria ainda é um dos maiores contribuidores para a poluição sonora em países desenvolvidos. Apesar de se encontrar cada vez mais isolada em áreas onde a construção sensível não é permitida, existem ainda diversos sectores que atuam próximos de aglomerações urbanas.

Nestes casos, a propagação de ruído das instalações fabris para edifícios vizinhos origina muitas vezes queixas pertinentes que implicam uma atuação rápida, mas acima de tudo eficiente. Este é um aspeto em que a InAcoustics se especializa, encontrar a melhor solução de minimização de ruído ou vibrações que, pelo custo mais baixo, permita uma ação duradoura e conciliadora no ambiente envolvente.

No entanto, mesmo nos casos em que a propagação de ruído para o exterior não é um problema, os requisitos de saúde e higiene no trabalho implicam o apreço pela qualidade e preservação da audição dos trabalhadores. Tanto em indústrias de grande como de pequeno porte, os níveis de ruído excessivos são responsáveis não só por problemas auditivos mas também pela redução da rentabilidade no trabalho e aumento do stress e cansaço.

Um dos problemas associados ao controlo de ruído na indústria é a dificuldade e custo de interrupção das atividades de fabrico para a realização de avaliações acústicas.

No caso particular da identificação de fontes sonoras, a InAcoustics utiliza uma câmara acústica que permite a visualização imediata das fontes sonoras que contribuem significativamente para o ruído gerado num determinado local sensível. Desta forma, atuamos apenas nos equipamentos que geram o problema e no grau estritamente necessário.

Apesar de se poderem utilizar outros métodos para atingir este objetivo, esta tecnologia é a única capaz de fornecer resultados rápidos e eficientes, com o decorrer da atividade.

Dada a diversidade de equipamentos destas diferentes indústrias, o grau de complexidade da radiação sonora das instalações é muito elevado e isso implica a utilização de sofisticados equipamentos de monitorização e software de simulação, para além da indispensável presença no campo e conhecimento profundo da atividade.

A Indústria reconhece estes fatores de influência na sua atividade, o que tem permitido à InAcoustics desenvolver diversos trabalhos de minimização de ruído e vibrações, tanto no desenvolvimento de mapas de ruído e planos de ação de grande escala, como de atuação pontual em equipamentos de fabrico ou de apoio à manufatura.

Com a introdução de elementos regulatórios ou certificações ambientais, temos ajudado diversas empresas a manterem elevados níveis de produtividade, assegurando a saúde e conforto dos seus trabalhadores assim como a boa relação com a vizinhança.

A nossa experiência abarca os mais diversos setores de atividade industrial, desde a transformação da cortiça à indústria alimentar e dos plásticos.

 

Se tiver algum problema na sua empresa que pretenda resolver, consulte-nos sem compromisso, para que o possamos auxiliar a resolver a sua situação.

TRANSPORTES

As infraestruturas de transporte são as principais fontes de incomodidade acústica na sociedade atual. Apesar dos diversos mecanismos de regulação do ruído provocado pelos meios de transportes, a centralização e crescimento das populações vem implicando o aumento das infraestruturas, muitas vezes em grande proximidade com as aglomerações urbanas.

Dada a escala que abrange, o ruído das infraestruturas de transporte é um dos fatores ambientais mais importantes na tomada de decisão no desenvolvimento das sociedades a nível local, nacional e mesmo continental.

O transporte rodoviário é o que mais proximidade tem às populações e ao qual se tem dedicado mais atenção recentemente, com a construção de barreiras acústicas e o planeamento de vias de tráfego com a consideração do impacte acústico.

No entanto, o ruído ferroviário e aéreo são também fontes de grande relevância e é por isso muito importante que o desenvolvimento de novos aeroportos ou ferrovias sejam acompanhados pela avaliação do impacte sonoro e das respetivas propostas de minimização de ruído.

Se o ruído gerado na passagem das viaturas é o que mais preocupação gera nas populações, o incómodo que ocorre nas estações de transporte de passageiros não tem menor importância.

 

Os terminais de passageiros, quer sejam estações de comboio, do metropolitano, aeroportos ou terminais de cruzeiros, aglomeram um elevado número de pessoas que não só necessitam de conforto acústico como de entenderem de forma clara e imediata informações úteis e eventuais avisos de evacuação em caso de emergência. Esta componente, a da inteligibilidade da palavra, reveste-se também aqui de uma grande importância e é um dos fatores fundamentais no dimensionamento deste tipo de espaços.

No caso particular dos transportes subterrâneos, a componente da transmissão de vibrações é extremamente importante.

Com as linhas de trânsito a passar sob edifícios sensíveis como habitações e hotéis, por exemplo, é comum que a transmissão de vibrações se faça estruturalmente até aos edifícios e aí transformado em som, por vibração das superfícies que o constituem. O controlo antivibrático, tanto na fonte como no caminho de transmissão, são opções de minimização que resultam num melhor ambiente sonoro.

A InAcoustics está preparada para realizar estudos de impacte sonoro e de vibrações, tanto a nível experimental como de simulação numérica, e recomendar as soluções adequadas para o minimizar. Aliado ao conforto e à inteligibilidade da palavra nas estações de transporte, a redução de ruído e vibrações contribui para uma melhor experiência do viajante e de toda a envolvente urbana.

Os mapas de ruído são uma ferramenta de apoio à decisão de intervenções urbanísticas e territoriais muito importantes. Estes instrumentos quantificam parâmetros acústicos com o objetivo de permitir o planeamento urbanístico e das infraestruturas rodoviárias, ferroviárias e aéreas pela influência determinante que têm no ambiente acústico das aglomerações populacionais. A definição do zonamento acústico pelas entidades municipais e a sua confrontação com as cartas de ruído permite a elaboração de mapas de conflito que servem de base ao estabelecimento de planos de redução de ruído municipais e nacionais. Os planos diretores municipais e os estudos de impacte ambiental devem ter sempre o apoio dos mapas de ruído e de conflito para a tomada de decisão e a consulta pública.

Se tiver algum problema na sua empresa que pretenda resolver, consulte-nos sem compromisso, para que possamos auxiliá-lo a resolver a sua situação.

ENERGIA

Uma pequena componente da energia utilizada neste sector da indústria é dissipada como ruído e vibrações. Apesar de pequena é suficiente para gerar, em muitos casos, elevados níveis de pressão sonora próximos até do limiar da dor do sistema auditivo humano.

Os mecanismos de geração energética são tipicamente ruidosos, seja pela ação de motores de combustão, turbinas, caldeiras, pás eólicas ou pelo transporte de vapor ou combustível em condutas, entre muitas outras fontes de ruído. A nossa experiência no controlo destas situações advém tanto da resolução de problemas em centrais de geração termoelétricas, como na investigação sobre a geração sonora nas turbinas e pás eólicas.

Neste setor, a InAcoustics presta serviços de previsão, dimensionamento, monitorização e controlo de ruído e vibrações, desde o planeamento ao projeto das instalações, à identificação e resolução de problemas durante a construção e posterior exploração.

A maior parte das solicitações devidas a problemas de ruído e vibrações ocorre durante o período de operação das instalações de geração energética. Nestas situações, não só a identificação e solução do problema é mais complexa como o custo da resolução do problema é consideravelmente superior.

 

Esta conclusão aplica-se à maioria das áreas da indústria, pelo que recomendamos que o contacto com a nossa consultoria, nas fases iniciais do projeto, seja em instalações de energia eólica, solar, cogeração ou hidráulica.

A InAcoustics tem a capacidade e tecnologia de prever antecipadamente os problemas que irão surgir na fase de operação e assim prevenir a ocorrência de situações de incomodidade acústica e de elevada exposição ao ruído e vibrações, tanto propagados para o exterior como no interior das próprias instalações.

Se tiver algum problema na sua empresa que pretenda resolver, consulte-nos sem compromisso, para que possamos auxiliá-lo a resolver a sua situação.